jusbrasil.com.br
31 de Outubro de 2020
    Adicione tópicos

    Presidentes de seccionais e de comissões divulgam nota de apoio a Santa Cruz

    O Colégio de Presidentes das Seccionais e os presidentes das Comissões da OAB Nacional manifestaram apoio ao presidente do Conselho Federal, Felipe Santa Cruz, contra as acusações feitas ao dirigente em razão da sua atuação a favor das políticas públicas necessárias para combater a pandemia de coronavírus tendo como base os protocolos defendidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

    Em nota, os colegiados defendem que a ação perante o Supremo Tribunal Federal é um compromisso da OAB com a defesa da legalidade, dos direitos humanos, da Constituição Federal e da sociedade civil, previstas no Estatuto da Advocacia. “Tanto é esse o caso que o Supremo Tribunal Federal tem acolhido diversos pedidos voltados ao equilíbrio do pacto federativo, para que excessos por parte da União não esvaziem as atribuições próprias dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. A atuação da Ordem dos Advogados do Brasil nesse contexto é motivo de orgulho, não de desprezo”, aponta o documento.

    Os presidentes de seccionais e de comissões destacam que divergências e críticas saudáveis são sempre acolhidas no espaço da Ordem e que a discordância não pode se transformar em discurso de ódio e se manifestar por ataques pessoais, sendo este o limite que separa o direito do abuso. O grupo reitera a confiança na capacidade de Felipe Santa Cruz liderar e representar a advocacia nestes tempos de pandemia.

    Leia a íntegra da Nota de Apoio dos Presidentes de Comissões ao Presidente Felipe Santa Cruz

    Leia a íntegra da Nota de Apoio do Colégio de Presidentes das Seccionais ao Presidente Felipe Santa Cruz

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Para mim tanto faz se o Presidente da OAB é Felipe Santa Cruz ou "Felipe santanás", a OAB NUNCA intercedeu em meu favor em absolutamente nada, uma vez que Ela está mais voltada as grandes bancas de Advogados ricos, contudo, "Advogado" que defende manifesta apoio público a defensor de torturador como chefe de estado JAMAIS deveria ser Advogado, e não é certamente, no máximo um rábula portanto uma Carteira da Ordem adquirida após pagar cursinho de "aprovação ao exame da ordem". afina, ser APROVADO NO EXAME, não significa ter aptidão pra o nobre exercício, é vergonho ver uma profissão tão nobre maculada com o mau caratismo de gente dessa estirpe... continuar lendo